PILATES CLÍNICO E A IMPORTÂNCIA DOS MÚSCULOS DO CORE

art48
O Pilates Clínico consiste num método de exercício terapêutico criado por dois fisioterapeutas, que surge da adaptação do método original de Joseph Pilates, que se baseia na anatomia humana e tem como objetivo fortalecer os músculos que dão suporte e estabilidade à coluna. Os princípios do método são a respiração, a concentração, o controlo, a fluidez, a precisão e o centro.

O Pilates Clínico consiste num método de exercício terapêutico criado por dois fisioterapeutas, que surge da adaptação do método original de Joseph Pilates, que se baseia na anatomia humana e tem como objetivo fortalecer os músculos que dão suporte e estabilidade à coluna. Os princípios do método são a respiração, a concentração, o controlo, a fluidez, a precisão e o centro.

O Centro, também conhecido como Powerhouse ou Core, é um conjunto de músculos profundos que sustentam e estabilizam a coluna e a região lombo-pélvica. Os principais são o diafragma, o pavimento pélvico, o transverso do abdómen e o multífidos.

 

A ativação adequada dos músculos do core é essencial para proteger toda a coluna de sobrecargas mecânicas, sendo que estes se devem manter levemente contraídos (ativados) para promover a estabilização segmentar e evitar compensações de outros grupos musculares.

Muitos dos movimentos do nosso dia a dia, tais como inclinar o tronco para pegar um objeto, entrar e sair do carro, levantar uma cadeira, etc., exigem uma resposta eficaz destes músculos. Se eles não estiverem fortes e não cumprirem o seu papel de proteção e estabilidade, podemos deparar-nos com episódios de dor lombar, postura menos adequada ou outro tipo de alterações biomecânicas associadas a dor.

 

Falando um pouco em disfunção…

Diversos processos fazem com que o indivíduo perca esta capacidade de estabilização, já que os músculos ficam fracos e atrofiam com o sedentarismo ou com processos de lesão e dor. E o segmento lombar é o mais acometido, já que absorve grande parte do impacto gerado na coluna no nosso dia-a-dia.

Alguns estudos evidenciam que indivíduos com dor lombar, possuem um processo de inibição e fraqueza dos músculos estabilizadores, cuja ativação é mais lenta, resultando numa estabilização ineficiente da coluna. Portanto, esta musculatura perde o seu caráter de antecipação e proteção, sendo a causa fundamental para a progressão de patologias da coluna vertebral.

 

O Pilates Clínico pode ajudar…

Como referido acima, um dos objetivos do Pilates Clínicao centra-se na reeducação do sistema muscular profundo, sendo um ótimo aliado no tratamento e na prevenção de lesões da coluna vertebral.

Através deste trabalho isolado de músculos específicos, pretende-se melhorar o controlo neuromuscular e a sua resposta antecipatória, por forma a promover uma estabilização eficaz de toda a coluna e de todo o corpo.